Como escolher os móveis da minha casa

– Como escolher os móveis da minha casa?

Normalmente, mobiliar a casa é um processo empolgante — e é preciso atenção para que o resultado não deixe a desejar. Os móveis não devem ser apenas bonitos, eles também têm de ser práticos e funcionais. Embora muita gente ainda fique em dúvida na hora de escolher as melhores opções de mobiliário, com algumas orientações é possível optar pelos itens perfeitos. Confira 5 dicas de como escolher os móveis da sua casa:

1 – Considere seu estilo e personalidade

As primeiras coisas a serem consideradas na hora de escolher os móveis são o seu estilo e a sua personalidade. O destaque da sua sala pode ser, por exemplo, uma poltrona moderna e despojada, que combina com sua rotina agitada. Mas não é porque estamos no século XXI que você precisa amar o design contemporâneo. Outra poltrona repleta de detalhes, com referências ao estilo rococó — movimento estético que embelezou a Europa no século XVIII — também é uma ótima escolha.

No fim das contas, os móveis precisam mesmo é traduzir sua identidade.

2 – Avalie o tamanho do espaço

Você também deve avaliar o espaço disponível para saber quais são os móveis ideais. Uma sala muito grande pede móveis de proporções semelhantes. No caso de espaços um pouco menores, a dica é usar menos peças em cada ambiente – escolhendo com cautela aquela que será destaque. Mesas de jantarcadeiras imponentes e de material nobre podem dar vida e glamour a qualquer sala de refeições.

3 – Estude a utilidade do móvel

Móveis não servem apenas para decoração. Eles também são bastante úteis na organização e auxiliam no bom funcionamento da casa. Por isso, você deve pensar em qual será a utilidade do item para saber qual é a melhor opção a escolher. Um aparador para a sala, por exemplo, pode comportar uma televisão e itens de decoração, e um sofá grande pode ser ideal para receber as visitas com conforto e garantir boas sessões de cinema em família.

4 – Pense na decoração como um todo

Muitas pessoas não conseguem decidir entre um único estilo na casa toda ou uma influência predominante em cada cômodo. Na verdade, não é necessário que seja assim. Você pode congregar inspirações de várias épocas se souber como fazer isso. Se essa é a sua intenção, a dica é a seguinte: harmonize os elementos por meio das características.

É recomendado equilibrar o design de todos os ambientes pensando nas cores, texturas e volumes dos itens de decoração. Uma ótima maneira de criar uma identidade para o seu é comprar os móveis principais (mesa de jantar, cadeiras e sofá, por exemplo) em uma única loja. Assim é mais fácil garantir a unidade do estilo.

5 – Leve as cores em consideração

O design e a utilização do móvel são importantes, mas as cores também desempenham um papel que merece atenção. O mobiliário certo na cor errada pode fazer com que todo o ambiente pareça desconexo ou feio. A melhor maneira de escolher o tom do móvel é observar o tom das paredes e dos objetos de decoração do ambiente. Lembre-se: o item deve se encaixar na paleta de cores do espaço.

Móveis claros ajudam a iluminar e a fazer o ambiente parecer maior, enquanto o mobiliário colorido é uma tendência moderna e divertida. Já os itens escurosgarantem mais sobriedade ao cômodo, e em tons naturais — como madeira — dão uma sensação mais rústica e aconchegante.

Mesmo com todas essas dicas, vale a pena contratar um bom arquiteto ou designer de interiores para te ajudar na decoração do seu lar e garantir que tudo fique perfeito. Esses profissionais têm conhecimento de sobra para deixar sua casa incrível. Quer ver como fica um ambiente especialmente projetado por um designer?
Clique aqui e confira!

E você, tem sua própria técnica de como escolher os móveis para sua casa?
Conte para nós!
Deixe um comentário!

Solicitar orçamento para Espaço e Forma

Posted in Design de interiores and tagged , , .

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *